mar 31

Treinando a Emoção para ser feliz - Augusto Cury
» Dados do Ebook
Nome do livro: Treinando a Emoção para Ser Feliz
Nome do Autor: Augusto Cury
Gênero: Livros Religiosos
Ano de Lançamento: 2001
Editora: Academia da Inteligência

» Sinopse
Como em todos os livros do psiquiatra, cientista e escritor Augusto Cury que tenho lido, “Treinando a Emoção para ser Feliz” nos leva a refletir na ciranda de insatisfação que estamos vivendo graças à paranóia do consumismo e da estética que inconscientemente geram uma contração da energia do prazer. O mundo moderno tornou-se uma fábrica de stress. O autor faz um apanhado de informações sobre os males emocionais mais comuns: A SPA e a Síndrome do Pânico.
O único lugar que deveria ser conservado jovem é a emoção. No entanto, a maioria de nós diminui a intensidade de prazer ao longo da vida. Há jovens de 20 anos biológicos com 100 de idade emocional. Envelhecemos emocionalmente quando plantamos menos flores e edificamos mais favelas na memória consciente e inconsciente. Não deveríamos poluir nossa emoção. O autor disserta com base num treinamento para rejuvenecer a emoção:
1- Contemple o belo nos pequenos eventos da vida
2- Irrigue o palco da sua mente com pensamentos agradáveis
3- Pense como adulto e sinta como criança
4- Não sofra por antecipação
5- Proteja sua emoção nos focos de tensão
6- Não seja carrasco de si mesmo
Enriquecido com experiências reais vividas por seus pacientes, o livro nos leva a repensar o estilo de vida que levamos e maneiras práticas de melhorar a qualidade de vida por proteger as nossas emoções.

Emoção é o oxigênio de quem escreve. Esse livro é algo que vale a pena ler.

»Informações
Nº de páginas: 150
Tamanho: 886 Kb
Formato: pdf

Free download br

Termos de Pesquisa:

treinando a emoção para ser feliz augusto cury pdftreinando a emoção para ser feliz pdftreinando emoção ser feliz augusto cury pdftreinando as emoções para ser feliz – ebook e audiobook
Página 11
if (window.top.location!=self.location) window.top.location.href=self.location.href; if (window.parent.location!=self.location) parent.location.href=self.location.href;